Empresa: NETWORKME  
〉〉 Sector: Recrutamento e Educação  
〉〉 Investimento Inicial: 160K€  
〉〉 Faturação: 3K€/mês  
〉〉 Instagram: 2.7K; Linkedin: 2.4K     


Olá! Fala-nos um pouco sobre ti e sobre o teu negócio?

Olá, o Meu nome é Felipe Vieira e sou Co-fundador e CEO da Networkme, uma plataforma que tem como objetivo ajudar jovens a descobrirem qual carreira seguir e ajudar empresas a atrair talento jovem. 

Através da nossa plataforma, estudantes podem interagir com mentores, participar de eventos empresariais, fazer exercícios sobre diversas carreiras e até encontrar oportunidades de estágio.

O começo da Networkme foi o mais hustle possível. A primeira coisa que fiz para validar o negócio foi criar um website muito simples em wordpress e começar a dinamizar atividades manualmente com empresas convidadas.

Atualmente trabalhamos com grandes empresas no mercado português, como a SONAE, PwC, Mercer, Calzedonia e muitos outros. Para além das empresas, também temos protocolos de colaboração com renomadas instituições de ensino como o Instituto Superior de Economia e Gestão, a Universidade do Porto e o Instituto Politécnico de Lisboa. 

Nosso objetivo a curto prazo é atingir a marca de 10.000 utilizadores ativos em Portugal até o final de 2021 e em longo prazo ser a principal plataforma de aquisição de talento jovem do mundo.

Qual é o teu background e como surgiu a ideia deste negócio?

A ideia surgiu de uma maneira bastante engraçada. Eu tive uma trajetória académica completamente agitada, começando por um curso de nutrição, depois mudei para engenharia civil, até que finalmente encontrei o meu rumo em gestão e, ao chegar ao fim do curso e tentar 3 faculdades diferentes, a escolha do que eu queria realmente fazer ainda não era óbvia! 

Foi então que comecei a falar com amigos e familiares e todos já tinham passado por alguma frustração parecida ou conheciam alguém que já tivesse passado e, após identificar a dor, surgiu a ideia de uma plataforma para auxiliar os jovens na entrada ao mercado de trabalho.

Como foi o processo de lançamento do negócio?

O começo da Networkme foi o mais hustle possível. A primeira coisa que fiz para validar o negócio foi criar um website muito simples em wordpress e começar a dinamizar atividades manualmente com empresas convidadas. Depois de alguns meses, começamos a ter um bom fluxo de empresas que pagavam para estarem em nosso site e para interagirem com os alunos. 

Após a primeira fase de validação, o Marcelo (nosso Co-Fundador e CTO) ingressou a equipa e fizemos uma ronda de 160k€ para investir em um produto a sério. Algo que nos ajudou bastante foi o fato de termos participado do programa de incubação da Demium e do programa de aceleração da Microsoft for Startups. 

Como foi os primeiros tempos em atividade? O que funcionou em termos de atrair os primeiros clientes?

Os primeiros meses da Networkme foram completamente focados em validação de pressupostos e aumento da nossa base de utilizadores. Como toda early-stage startup, não tínhamos muito dinheiro para investir em marketing e por isso tivemos de trabalhar para criar nossos próprios canais de comunicação e aquisição de audiência. 

Com o passar dos meses, percebemos que o melhor jeito de adquirir utilizadores e novos clientes era através de parcerias com instituições de ensino e da dinamização da comunidade, aumentando o fluxo de utilização na plataforma e gerando growth loops. 

Como está a correr neste momento o negócio, e como prevês a evolução nos próximos 3 anos?

Nos últimos meses o nosso foco tem sido produto, produto e produto. Criar, testar e validar. Agora já começamos a chegar em um estágio onde temos uma excelente solução para alunos, empresas e também para as instituições de ensino. 

Para quem está a começar uma jornada empreendedora é fundamental conhecer pessoas que já passaram pelo processo e até mesmo ser mentoradas por elas. É impressionante como algumas conversas com alguém mais experiente pode acelerar o processo em 100x.

Nosso foco para os últimos meses de 2021 é começar a investir em marketing (atualmente 100% orgânico) e crescer de 2300 para 10000 utilizadores. Depois de validar todos os pressupostos em Portugal, iremos começar a explorar o mercado espanhol. Inclusive já recebemos alguns contactos de empresas em Espanha que gostariam de recrutar estagiários em Portugal. 

O que destacas como mais importante em termos de aprendizagem com o lançamento deste negócio que queiras partilhar connosco?

Há imensas coisas que foram importantes e grandes aprendizados nos últimos meses, mas o maior conselho de todos é o que chamamos de KISS (Keep It Simple, Stupid! Concept ). Quando temos uma ideia de negócio, temos a tendência a querer complicar mais do que o necessário e querer experimentar a escala, mesmo sem conceitos validados e um produto preparado para isto. 

Portanto é preciso esquecer a ideia de criar logo uma aplicação super robusta, com AI e vários mecanismos de deep-tech, não! Simplifica o processo, tenta resolver o problema com algo muito menos custoso e que gaste menos tempo. Na hora de construir algo a sério vais ter muito menos chance de errar 🙂


Conselhos para os nossos leitores e futuros empreendedores que pretendem lançar o seu negócio?

Para quem está a começar uma jornada empreendedora é fundamental conhecer pessoas que já passaram pelo processo e até mesmo ser mentoradas por elas. É impressionante como algumas conversas com alguém mais experiente pode acelerar o processo em 100x. 

Um excelente jeito de conhecer pessoas que estão no ecossistema é através de incubadoras. A Demium, por exemplo, lança programas para novos empreendedores a cada 3 meses e todos os aprovados passam por uma série de treinamentos sobre como construir um MVP, validar o negócio, conseguir primeiros clientes e até fundraising. 

Que plataforma web e ferramentas de marketing digital são usadas para o teu negócio?

  • Azure - ferramentas do ecossistema Microsoft
  • Jira
  • Miro
  • Figma

Recomendas algum(s) livro(s) ou outra fonte de inspiração que mais te tenha influenciado?

Minha recomendação sem dúvida é o livro “Shoe Dog – Phill Knight”. O livro conta a história do fundador da Nike, sua incrível história de empreendedorismo e como ele passou de apenas um garoto que adorava correr para o líder de uma das maiores marcas de artigos desportivos do mundo.
Uma das coisas mais incríveis do livro é perceber como o Phill acreditava na sua ideia e no produto e como a sua crença aumentava a sua capacidade de vendas. Ou seja, o fato de “vender o entusiasmo” foi um fator super importante na fase de early-stage até mesmo para a Nike!

Livros recomendados por Felipe Vieira


Onde podemos saber mais sobre a tua empresa?

Para saber mais sobre a Networkme basta aceder ao nosso site e escolher uma das nossas três áreas: Alunos, Mentores e Empresas, e caso tenhas interesse em participar do nosso ecossistema o registo é gratuito! 

Estamos sempre a desenvolver novas ferramentas e a criar atividades que promove a interação dos jovens com o mercado de trabalho, para ficares atualizado de todas as novidades basta seguir o nosso Linkedin e o nosso Instagram.

Fundador NetWorkMe

Olá, sou o José, o fundador do PerfilEmpreendedor. Aqui entrevistamos empresários e líderes de sucesso e partilhamos as suas histórias.

Queremos ajudar a comunidade de empreendedores e futuros empreendedores a começar o seu negócio.

Estás interessado em começar o teu próprio negócio? Inscreve-te na nossa newsletter para estares sempre a par das histórias de empresários de sucesso de lingua Portuguesa, que explicam como começaram o seu negócio.

Integra a nossa comunidade:

  • Recebe conselhos úteis de empresários da nova geração sobre os desafios e as barreiras a ultrapassar num novo negócio;
  • Conecta com outros membros like-minded;
  • Obtém dicas preciosas de como começar e fazer crescer o teu negócio;
  • Recebe de forma exclusiva a nossa newsletter com os melhores exemplos de sucesso;
  • E muito mais...!
  • Deixe um comentário

    O seu endereço de email não será publicado. Os campos necessários estão sinalizados.

    {"email":"Email address invalid","url":"Website address invalid","required":"Required field missing"}